Museu Carlos Machado

Voltar

Brinquedos

Boneca

Jumeau
Porcelana e cartão prensado
A 37,5 cm
MCM4091

Em Detalhe »

English abstract

The Industrial Revolution represented a big leap for the doll industry, until then a rather workmanship endeavour. For many, the late 19th century represents the golden age of doll manufacture.

Everytime new techniques and mechanics were integrated into a doll, the world would marvel at the new tecnology. These included blinking eyes, articulated arms and legs, or even chord implementation for little steps.

Carlos Machado Museum’s Toy collection has many dolls, some from french factories like Jumeau, like this one here.

Português

À semelhança de outros brinquedos, até finais do séc. XVIII, a boneca apresentava características artesanais. A produção era feita por pequenos fabricantes, em unidades familiares, e a venda ocorria predominantemente em feiras.

A boneca é uma forma de representação da figura humana, que passou, ao longo da sua história, por vários processos de fabrico e diferentes materiais, formas, tamanhos e funções. Com os seus trajos e acessórios, a boneca tem sido usado para representar épocas históricas, países, regiões ou grupos. A boneca da Nazaré e a Matriosca russa são exemplos elucidativos. Enquanto brinquedo, a boneca faz parte do mundo ficcional, através do qual se aprendem normas de vida e de sociedade.

A Revolução Industrial deu um grande impulso ao fabrico de bonecas, de tal modo que a segunda metade do séc. XIX é considerada, por muitos estudiosos, como a idade do ouro da boneca, com a França a destacar-se na arte de as produzir. Da Fábrica Jumeau à Steiner, passando pela Gualtier, foram muitos os fabricantes que se instalaram em Paris o início do séc. XX e desenvolveram esta indústria, disputando entre sí a criação dos melhores modelos. Na época, a indústria da boneca tinha na moda uma fortíssima aliada, o que tornou as bonecas verdadeiras difusoras da moda francesa. Robert Capia, na sua obra Poupées, refere que cada pequena inovação aplicada às bonecas, como o abrir e fechar de olhos, o articular dos membros, ou o sistema de corda que lhes permitia dar pequenos passos, causava sempre grande impacto junto do público. O autor afirma ainda que esta indústria se tornou de tal modo competitiva que muitos fabricantes foram levados a recorrer às técnicas de divulgação existentes na época para anunciar as suas mais recentes criações.

Anúncios publicitários na imprensa, suplementos anexados aos jornais e catálogos são formas usadas pelos fabricantes para promover as suas vendas. O Journal des Demoiselles, especializado em moda, publica Suzi, la Poupèe Modèle, e La Semaine de Suzette é o suplemento sobre bonecas para os leitores do jornal La Veillée des Chaumières. Estes são apenas alguns exemplos que reflectem o espírito competitivo das grandes marcas e seus fabricantes. É de salientar também a importância das Grandes Exposições Internacionais de Brinquedos, onde os fabricantes davam a conhecer as suas mais recentes criações e competiam pelos prémios destinados aos melhores modelos.

[AT]

Governo dos Açores, Presidência do Governo, Direcção Regional da Cultura Direcção Regional da Cultura Museu Carlos Machado
MUSEU CARLOS MACHADO
Núcleo de Santa Bárbara
9500-105 Ponta Delgada
Tel. 296 20 29 30/31
Fax. 296 20 29 39
Email: museu.cmachado.info@azores.gov.pt
Símbolo de Acessibilidade na Web [D]

SÍTIO WEB OPTIMIZADO PARA:
800x600 e 1024x768
Internet Explorer 6.0 ou superior
Firefox 2.0 ou superior