Museu Carlos Machado

Voltar

Arte

Busto de velho

Margarida Alcântara (1891-1953)
1914
Gesso patinado
58 x 28 x 26 cm
MCM5863

Em Detalhe »

English

Margarida Alcântara Simões de Almeida was born in the city of Ribeira Grande, São Miguel Island, on June 24st 1891. She was a student of painters Constâncio da Silva (1881-1949) and Carlos Reis (1863-1940) and scukptor José Simões de Almeida. In the Second Fine Arts exhibition of 1914 in Ponta Delgada, she presented three sculptures in plaster and bronze, named Bust of girl, Old man and Old woman.

Her art work is often forgot, and for that same reason she is still an unknown artist, about whom a thorough research on her personal and artistic background is needed, as well as an assessment of works belonging to private collectors. She married sculptor José Simões de Almeida in Leiria, with whose artistic work her own shows great affinity.

Português

Margarida Alcântara Simões de Almeida nasceu na cidade da Ribeira Grande, ilha de São Miguel, em 24 de junho de 1891, filha de António Borges de Alcântara, natural de Lagares da Beira, e de Maria Isabel Cabido Gomes de Alcântara, natural da Ribeira Grande. Foi aluna dos pintores Constâncio da Silva (1881-1949) e de Carlos Reis (1863-1940) e do escultor José Simões de Almeida. Produziu obra de pintura, como atesta a sua participação aos vinte e dois anos com a pintura Natureza-morta na «Segunda Exposição de Belas-Artes» realizada, em 1914, nas salas do Paço do Barão da Fonte Bela, em Ponta Delgada. Neste certame, Margarida Alcântara apresentou três esculturas em gesso e bronze, intituladas Busto de rapariga, Velho modelo e Velha. No ano ulterior, volta a expor no mesmo edifício por ocasião da «Terceira Exposição de Belas-Artes» inaugurada a 9 de maio de 1915, onde participa com a escultura Preparando o anzol.

A sua obra plástica está votada ao esquecimento, sendo por essa razão uma mulher artista ainda desconhecida, sobre a qual falta uma investigação de fundo que suplante a míngua informação a respeito do seu trajeto biográfico e artístico e inventariação das obras que possam estar em coleções privadas. Casou com o escultor José Simões de Almeida (1880-1950), natural de Figueiró dos Vinhos, em Leiria, que foi seu mestre de escultura, evidenciando a sua obra forte afinidade estilística com a do marido, falecido aos dois dias de março de 1950, na freguesia de São Sebastião da Pedreira em Lisboa. Presume-se que após a morte do marido, Margarida Alcântara tenha regressado a São Miguel, onde acabaria por falecer, três anos mais tarde, no sanatório sito na Fajã de Baixo, vítima de trombose cerebral, aos 17 dias de fevereiro de 1953.

Busto de velho vincula-se à produção inicial da artista, cuja execução aos 21-22 anos sugestiona o influir da obra de José Simões de Almeida. Preside o realismo da penetração psicológica do modelo anónimo, em perfeita adequação com o tratamento naturalista das feições fisionómicas. Fronte envelhecida pela vincada crispação circundada pela tessitura das mesclas da cabeleira assanhada, da longa barba e do bigode que enforma a cabeça embevecida do velho, que discorre da feliz adequação da expressão dos lábios entreabertos que acentuam o naturalismo da expressividade pronunciada no olhar da figura.

[SM]

Governo dos Açores, Presidência do Governo, Direcção Regional da Cultura Direcção Regional da Cultura Museu Carlos Machado
MUSEU CARLOS MACHADO
Núcleo de Santa Bárbara
9500-105 Ponta Delgada
Tel. 296 20 29 30/31
Fax. 296 20 29 39
Email: museu.cmachado.info@azores.gov.pt
Símbolo de Acessibilidade na Web [D]

SÍTIO WEB OPTIMIZADO PARA:
800x600 e 1024x768
Internet Explorer 6.0 ou superior
Firefox 2.0 ou superior