Museu Carlos Machado

Voltar

Arte

Eva

Ernesto Canto da Maia (1890-1981)
Não datado (ca. 1922)
Terracota pintada
49 x 39 x 21 cm
MCM5261
Col. Museu Carlos Machado

Em Detalhe »

A presente estatueta criada para satisfação pessoal evoca a mulher primordial, Eva, personagem do Antigo Testamento narrada no Livro do Génesis, que Canto da Maia reinventa a iconografia canónica, conferindo-lhe uma expressão fisionómica arcaica de carga xótica e sensual patente no corpo desnudado, no sorriso sedutor e no gesto retórico das mãos estendidas na direção do espetador, ao qual oferece o fruto do pecado, a maçã.

A pose acocorada, com um joelho elevado e o outro a tocar no chão, Canto da Maia retirou da Vénus acocorada clássica, introduzindo ligeiras alterações como o penteado de estilização geométrica e a serpente na base de Eva.

Esta obra foi exibida pela primeira vez no Salon des Indépéndents de 1923, sendo do agrado da crítica parisiense que realça a original invenção "d'une singulière beauté symbolique, hieratiquement accroupi et offrant éternellement sur ses deux mains croisées à l'eternel masculin l'éternelle pomme." Por outro lado, a multiplicidade de réplicas e versões traduzem o sucesso desta obra junto dos colecionadores.

[SM]

Governo dos Açores, Presidência do Governo, Direcção Regional da Cultura Direcção Regional da Cultura Museu Carlos Machado
MUSEU CARLOS MACHADO
Núcleo de Santa Bárbara
9500-105 Ponta Delgada
Tel. 296 20 29 30/31
Fax. 296 20 29 39
Email: museu.cmachado.info@azores.gov.pt
Símbolo de Acessibilidade na Web [D]

SÍTIO WEB OPTIMIZADO PARA:
800x600 e 1024x768
Internet Explorer 6.0 ou superior
Firefox 2.0 ou superior