Peça do Mês

Esboceto para «Desespero da Dúvida»

Neste esboceto, estão definidos os aspetos essenciais presentes na estátua «Desespero da Dúvida» que o escultor Canto da Maya apresentou, em 1916, na XIII Exposição da Sociedade Nacional de Belas-Artes de Lisboa, na qual foi adquirida pelo Estado para a coleção do Museu Nacional de Arte Contemporânea.

Esta obra é a mais significativa do período da Grande Guerra (1914 - 1918), após o regresso de Canto da Maya de Paris e da Suíça, onde aprofundou os estudos de escultura, entre 1912 e 1914. Nela, observa-se a permeabilidade do autor à obra de Rodin, tanto no cariz simbolista do próprio título, como na pose, atitude e modelação anatómica do homem atormentado, aspetos que remetem para O Pensador de Rodin. [SM]

 

foto da peça do mês
  • Artista
  • Canto da Maya (1890 – 1981)
  • Título
  • Esboceto para «Desespero da Dúvida»
  • Data
  • Sem data (ca. 1915)
  • Material
  • Terracota pintada
  • Dimensões
  • 28 x 9,5 x 11 cm
  • Nº de Inventário
  • MCM5753